Estação Piedade: a biografia de Fernando MolicaEstante: livros públicados pelo MolicaPáginas Amarelas: textos, artigos e outras palavras maisJulio Reis: Biografia, Músicas e PartiturasBlog: Pontos de PartidaFoto MolicaClique para voltar a página principalFoto Molicawww.fernandomolica.com.brEntre em contato com o Fernando MolicaInformações para imprensa

Blog

Pontos de Partida, o Blog do Fernando Molica

separador
BG

Carnaval, os últimos goles

separador Por Fernando Molica em 22 de fevereiro de 2012 | Link | Comentários (0)

Coluna Estação Carioca, jornal O DIA, 22/02:

Tomo emprestado o nome de um simpático bloco do Jardim Botânico -- Último Gole, que sai nas noites de terça de Carnaval -- para dar os derradeiros pitacos sobre a festa. Vamos lá, por alas, como numa escola de samba.
. Sambódromo: a reforma fez bem ao espaço. Não é o palco ideal: seus criadores, Darcy Ribeiro e Niemeyer, nunca haviam assistido a um desfile. Daí absurdos como a apoteose e um obstáculo, o arco, no fim da pista. Mas o local melhorou muito.
. Comissões de frente: lindas, mas são tanta coreografias, tanto efeito visual, que elas começam a atrapalhar a evolução, como no caso da Beija-Flor. Pior é que algumas se lixam para o público, ficam escondidas naqueles carros -- temos agora os pré-abre-alas -- e só se mostram para os julgadores. Comissão de frente, vale lembrar, é para apresentar a escola, saudar o público -- o público! -- e pedir passagem.
. Músico, o presidente da Mangueira, Ivo Meirelles, não economiza ousadias como paradinhas, paradões e, mesmo, caladões (até os intérpretes ficam sem cantar, o que acabou não dando certo, parecia que o som tinha falhado). Mas ele deveria ter mais cuidado com os carros alegóricos, que voltaram a ficar feinhos, com cara de anos 70.
. Paulo Barros achou que a vida de Luiz Gonzaga era meio careta e inventou aquela história de reis e rainhas. Não precisava, a ala e a alegoria com os componentes encarnando bonecos de barro valeriam o ingresso. A versão sertaneja do carro do DNA foi dos melhores momentos do desfile.
. Como é bom ver a Portela com cara e orgulho de Portela.
. Filhos da Luma: sei não, mas acho que, pela cara deles na Avenida, os dois vão pedir pro papai para comprar o Sambódromo, demolir tudo e acabar de vez com a festa.
. Orixás: em tempo de intolerância religiosa, foi legal ver tantas representações de entidades nos desfiles.
. Escolas de São Paulo: a brigalhada na apuração confirma que o desfile paulistano é meio complicado, ainda está na pré-história. Nada contra as escolas, mas, assim como o rugby e o beisebol no Brasil, o Carnaval de lá é um fenômeno local, que sequer ultrapassou os limites de cada escola, não se espalhou nem criou raízes pela cidade, precisa até se apoiar na popularidade de times de futebol. Transformar o desfile de lá em evento nacional é uma forçada de barra.
. Blocos: a lotação está ficando esgotada. Blocos começam a ficar parecidos com o metrô na hora do rush.


Deixe seu Comentário











Type the characters you see in the picture above.

BG
Arquivo do Blog
bullet março 2020
bullet dezembro 2019
bullet novembro 2019
bullet outubro 2019
bullet agosto 2019
bullet julho 2019
bullet maio 2019
bullet abril 2019
bullet março 2019
bullet fevereiro 2019
bullet janeiro 2019
bullet outubro 2018
bullet setembro 2018
bullet agosto 2018
bullet junho 2018
bullet maio 2018
bullet abril 2018
bullet fevereiro 2018
bullet janeiro 2018
bullet dezembro 2017
bullet outubro 2017
bullet setembro 2017
bullet agosto 2017
bullet julho 2017
bullet junho 2017
bullet maio 2017
bullet abril 2017
bullet março 2017
bullet fevereiro 2017
bullet janeiro 2017
bullet dezembro 2016
bullet novembro 2016
bullet outubro 2016
bullet setembro 2016
bullet agosto 2016
bullet julho 2016
bullet junho 2016
bullet maio 2016
bullet abril 2016
bullet março 2016
bullet dezembro 2015
bullet novembro 2015
bullet outubro 2015
bullet agosto 2015
bullet julho 2015
bullet junho 2015
bullet abril 2015
bullet março 2015
bullet dezembro 2014
bullet junho 2014
bullet maio 2014
bullet abril 2014
bullet dezembro 2013
bullet novembro 2013
bullet outubro 2013
bullet setembro 2013
bullet agosto 2013
bullet julho 2013
bullet maio 2013
bullet abril 2013
bullet março 2013
bullet fevereiro 2013
bullet janeiro 2013
bullet dezembro 2012
bullet novembro 2012
bullet outubro 2012
bullet setembro 2012
bullet agosto 2012
bullet julho 2012
bullet junho 2012
bullet maio 2012
bullet abril 2012
bullet março 2012
bullet fevereiro 2012
bullet janeiro 2012
bullet dezembro 2011
bullet novembro 2011
bullet outubro 2011
bullet setembro 2011
bullet agosto 2011
bullet julho 2011
bullet junho 2011
bullet maio 2011
bullet abril 2011
bullet março 2011
bullet fevereiro 2011
bullet janeiro 2011
bullet dezembro 2010
bullet novembro 2010
bullet outubro 2010
bullet setembro 2010
bullet agosto 2010
bullet julho 2010
bullet junho 2010
bullet maio 2010
bullet abril 2010
bullet março 2010
bullet fevereiro 2010
bullet janeiro 2010
bullet dezembro 2009
bullet novembro 2009
bullet outubro 2009
bullet setembro 2009
bullet agosto 2009
bullet julho 2009
bullet junho 2009
bullet maio 2009
bullet abril 2009
bullet março 2009
bullet fevereiro 2009
bullet janeiro 2009
bullet dezembro 2008
bullet novembro 2008
bullet outubro 2008
bullet setembro 2008
bullet agosto 2008
bullet julho 2008
bullet junho 2008
bullet maio 2008
bullet abril 2008
bullet março 2008

separador bullet Arquivo Geral

separador bullet Blog Anterior (Online)
bullet Blog Anterior (PDF)
© Todos os direitos reservados. Todos os textos por Fernando Molica, exceto quando indicado. Antes de usar algum texto, consulte o autor. créditos do site    Clique para ver os créditos do site