Estação Piedade: a biografia de Fernando MolicaEstante: livros públicados pelo MolicaPáginas Amarelas: textos, artigos e outras palavras maisJulio Reis: Biografia, Músicas e PartiturasBlog: Pontos de PartidaFoto MolicaClique para voltar a página principalFoto Molicawww.fernandomolica.com.brEntre em contato com o Fernando MolicaInformações para imprensa

Blog

Pontos de Partida, o Blog do Fernando Molica

separador
BG

O buraco da SKY é mais embaixo

separador Por Fernando Molica em 17 de novembro de 2010 | Link | Comentários (0)

IMG_0097.JPGIMG_0098.JPGIMG_0100.JPG

O bom do capitalismo é que, volta e meia, nós podemos escolher o tipo e a fonte dos nossos sofrimentos, aquela história da concorrência. Por exemplo: quem assina a NET sabe o inferno que é lidar com o SAC deles, com a constante interrupção dos serviços de internet. O melhor momento da relação com a NET é o do divórcio. Bem, temos também a SKY: os serviços, digamos, televisivos desta outra empresa são até melhores, eles cumprem o óbvio, fornecem um bom sinal. Ou seja, entregam o que foi pago.

O problema é que os instaladores da SKY parecem ter sido treinados no Bope. Têm a sutileza dos soldados da tropa de elite da PM. Vieram aqui em maio e saíram, de forma aleatória, abrindo buracos em busca de um ponto para instalar a antena. O velho método científico de tentativa e erro. Numa dessas tentativas, deixaram esses quatro buraquinhos de herança. Quatro pontos brancos numa parede verde - tento achar que se trata de uma instalação, vou pedir a opinião de uma amiga curadora de exposições de artes plásticas.

Mas, ontem, descobri algo pior, bem pior: veja só o que os sujeitos fizeram para fazer chegar o cabo até o meu quarto. Abriram, na marra, um buraco no lado externo da parede (a cabeceira da minha cama fica do outro lado). O tal buraco sequer foi feito com furadeira, sequer teve direito a um acabamento. Meses antes eu gastara uma grana para refazer o revestimento da parede, havia várias infiltrações. Pois: o pedreiro ficou dois dias refazendo a massa e aplicando um produto impermeabilizante. Aí vieram os caras da SKY e fizeram a lambança, só descoberta ontem. Por acaso, havia um técnico de informática aqui em casa. Ele me alertou para o risco de se deixar os cabos desprotegidos. Em caso de tempestade elétrica, eles poderiam se transformar em para-raios.

Bem, liguei ontem cedo para SKY, eles emitiram uma ordem de serviço - 18226366 - e ficaram de mandar um pessoal aqui em casa, no dia seguinte, pela manhã. Desmarquei compromissos para ficar em casa. Às 10h15 liguei para eles, preocupado com o horário. A atendente (protocolo 1184995592) disse que a manhã da SKY termina às 13h. Os caras chegariam até este horário. Claro, não chegaram. Resultado: vou ter que ligar de novo, passar e-mails, me aporrinhar. A SKY tenta nos vencer pelo cansaço, transfere para o cliente a responsabilidade dos problemas que ela cria.


Deixe seu Comentário











Type the characters you see in the picture above.

BG
Arquivo do Blog
bullet março 2020
bullet dezembro 2019
bullet novembro 2019
bullet outubro 2019
bullet agosto 2019
bullet julho 2019
bullet maio 2019
bullet abril 2019
bullet março 2019
bullet fevereiro 2019
bullet janeiro 2019
bullet outubro 2018
bullet setembro 2018
bullet agosto 2018
bullet junho 2018
bullet maio 2018
bullet abril 2018
bullet fevereiro 2018
bullet janeiro 2018
bullet dezembro 2017
bullet outubro 2017
bullet setembro 2017
bullet agosto 2017
bullet julho 2017
bullet junho 2017
bullet maio 2017
bullet abril 2017
bullet março 2017
bullet fevereiro 2017
bullet janeiro 2017
bullet dezembro 2016
bullet novembro 2016
bullet outubro 2016
bullet setembro 2016
bullet agosto 2016
bullet julho 2016
bullet junho 2016
bullet maio 2016
bullet abril 2016
bullet março 2016
bullet dezembro 2015
bullet novembro 2015
bullet outubro 2015
bullet agosto 2015
bullet julho 2015
bullet junho 2015
bullet abril 2015
bullet março 2015
bullet dezembro 2014
bullet junho 2014
bullet maio 2014
bullet abril 2014
bullet dezembro 2013
bullet novembro 2013
bullet outubro 2013
bullet setembro 2013
bullet agosto 2013
bullet julho 2013
bullet maio 2013
bullet abril 2013
bullet março 2013
bullet fevereiro 2013
bullet janeiro 2013
bullet dezembro 2012
bullet novembro 2012
bullet outubro 2012
bullet setembro 2012
bullet agosto 2012
bullet julho 2012
bullet junho 2012
bullet maio 2012
bullet abril 2012
bullet março 2012
bullet fevereiro 2012
bullet janeiro 2012
bullet dezembro 2011
bullet novembro 2011
bullet outubro 2011
bullet setembro 2011
bullet agosto 2011
bullet julho 2011
bullet junho 2011
bullet maio 2011
bullet abril 2011
bullet março 2011
bullet fevereiro 2011
bullet janeiro 2011
bullet dezembro 2010
bullet novembro 2010
bullet outubro 2010
bullet setembro 2010
bullet agosto 2010
bullet julho 2010
bullet junho 2010
bullet maio 2010
bullet abril 2010
bullet março 2010
bullet fevereiro 2010
bullet janeiro 2010
bullet dezembro 2009
bullet novembro 2009
bullet outubro 2009
bullet setembro 2009
bullet agosto 2009
bullet julho 2009
bullet junho 2009
bullet maio 2009
bullet abril 2009
bullet março 2009
bullet fevereiro 2009
bullet janeiro 2009
bullet dezembro 2008
bullet novembro 2008
bullet outubro 2008
bullet setembro 2008
bullet agosto 2008
bullet julho 2008
bullet junho 2008
bullet maio 2008
bullet abril 2008
bullet março 2008

separador bullet Arquivo Geral

separador bullet Blog Anterior (Online)
bullet Blog Anterior (PDF)
© Todos os direitos reservados. Todos os textos por Fernando Molica, exceto quando indicado. Antes de usar algum texto, consulte o autor. créditos do site    Clique para ver os créditos do site