Estação Piedade: a biografia de Fernando MolicaEstante: livros públicados pelo MolicaPáginas Amarelas: textos, artigos e outras palavras maisJulio Reis: Biografia, Músicas e PartiturasBlog: Pontos de PartidaFoto MolicaClique para voltar a página principalFoto Molicawww.fernandomolica.com.brEntre em contato com o Fernando MolicaInformações para imprensa

Blog

Pontos de Partida, o Blog do Fernando Molica

separador
BG

Meu lugar

separador Por Fernando Molica em 13 de fevereiro de 2009 | Link | Comentários (7)

Há um dia e meio que o belíssimo samba "Meu lugar" (Arlindo Cruz e Mauro Diniz) não me sai da cabeça. Já o tinha ouvido outras vezes, em confusas rodas de samba, no meio de muitas cervejas e conversas. Daí que nunca tinha prestado muita atenção nos seus versos, ficava ali só berrando "Madureiraaaaaaaaaaaa!".

Só que anteontem à noite, na festa do Império Serrano no Teatro Rival, Arlindo, um dos convidados, decidiu cantá-lo. Admito: esse coração suburbano ficou impactado pela beleza de letra e música, derrubado ao ouvir "O meu lugar/ É cercado de luta e suor/ Esperança num mundo melhor/ E cerveja pra comemorar".

É tudo muito simples, não há qualquer grandiloqüência, arroubo, drible de efeito. Mas como é bonita essa crônica que tem jeito de tarde quente de sol chapado que se reflete no quarador, cheiro de pão trazido pelo padeiro em cesto de vime colocado à frente da bicicleta, movimento de garotos correndo descalços atrás de uma bola em rua de paralelepípedos, delicadeza de pipa que baila no céu, carinho de avó sentada à porta de casa tomando a fresca no fim da tarde.

"Meu lugar" recupera um subúrbio eterno. É samba enredo que permite a evolução de infinitas alas, que lembram a menina gostosona que morava na outra rua, o sapateiro português da esquina, a feira livre, o Colégio Guarani, a passarela sobre a estação, a vila de 18 casas, a alegria de ganhar bicicleta nova no Natal, os carnavais no River, os blocos de sujo, o santo que baixa na vizinha a cada virada de ano.

Samba que embala carros alegóricos com imagens de meus avós, minhas tias, meus tios, primos, pais, meu irmão - um dos carros, eu vi!, trazia minha própria imagem. Arlindo cantava "Madureiraaaaaaaaaaaaaa!" , e eu, com os olhos suburbanamente molhados, ouvia "Piedadeeeeeeeeeeeeeeee!".

Meu Lugar
Arlindo Cruz e Mauro Diniz

O meu lugar
É caminho de Ogum e Iansã
Lá tem samba até de manhã
Uma ginga em cada andar

O meu lugar
É cercado de luta e suor
Esperança num mundo melhor
E cerveja pra comemorar

O meu lugar
Tem seus mitos e seres de luz
É bem perto de Oswaldo Cruz
Cascadura, Vaz Lobo, Irajá

O meu lugar
É sorriso, é paz e prazer
O seu nome é doce dizer:
Madureira

Ah, que lugar!
A saudade me faz relembrar
Os amores que eu tive por lá, é difícil esquecer
Doce lugar!
Que é eterno no meu coração
Que aos poetas traz inspiração, pra cantar e escrever
Ai, meu lugar!
Quem não viu Tia Eulália dançar?
Vó Maria o terreiro benzer?
E ainda tem jongo à luz do luar
Ah, que lugar!
Tem mil coisas pra gente dizer
O difícil é saber terminar...
Madureira!

Em cada esquina, um pagode, um bar
Em Madureira!
Império e Portela também são de lá
Em Madureira!
E no Mercadão você pode comprar
Por uma pechincha você vai levar
Um dengo, um sonho pra quem quer sonhar
Em Madureira!
E quem se habilita até pode chegar
Tem jogo de ronda, caipira e bilhar
Buraco e sueca, pro tempo passar
Em Madureira!
E uma fezinha até posso fazer
No grupo, dezena, centena e milhar
Pelos sete lados, eu vou te cercar
Em Madureira!


7 Comentários Enviados

Irei, irei...

abs.

separador

Ouvi pela primeira vez esse samba do Arlindo com o Mauro numa festa - um samba - em Irajá, na casa do meu velho sogro - que já foi pra melhor - mas era primo do mestre Nei Lopes. Publiquei no meu blogue uma série de postagens sobre essa festa e há um vídeo da turma cantando e tocando esse samba (o som ficou bacana). Passa lá!

http://geografiassuburbanas.blogspot.com/search/label/S%C3%A9rie%20-%20Samba%20do%20Iraj%C3%A1

Abração!

separador

OK, obrigado pela dica. Vou conferir. De qualquer forma, como frisei, temos até 2012 para a adaptação.

separador

A regra do SUB é diferente. O "R" não é duplicado e usa-se hífen (ex: sub-reptício). No caso do "S", há duplicação, como em subssecretaria. No Google você encontra vários artigos com a nova grafia, inclusive no Ministério da Justiça.

separador

Vitor,

bem, de vez em quando eu, aqui no blog, cito alguns fatos publicados no 'Informe do Dia', como o foi o caso da cadela Pretinha - embora procure, na medida do possível, não misturar minha atividade profissional com a de blogueiro. Mas, já que você reproduziu a nota da coluna e fez um comentário, vamos lá:

1. Pelo que entendi, você aponta um suposto erro na nota com base no novo acordo ortográfico. Bem, até 2012 (se não engano) as regras antigas continuam valendo. Portanto, não há qualquer erro em subsecretaria;

2. "O Dia" ainda não adotou as novas regras, nem eu: sequer me debrucei sobre as mudanças. Mas dei uma rápida olhada num guia que está aqui ao meu lado. Pelo que entendi, não tenho certeza, você estaria errado - subsecretaria vai continuar a ser subsecretaria, mesmo depois de 2012. As consoantes "r" e "s" só seriam dobradas quando o primeiro elemento termina em vogal (antessala, antirreligioso). Isto está na página 58 de "O que muda com o novo acordo ortográfico", do Evanildo Bechara.

3. Como eu disse na nota: nesses casos, é sempre complicado atirar a primeira pedra.

Molica

separador

Salve! Quando comprei o disco do Arlindo, fiquei ouvindo esse samba seguidamente. É do cacete mesmo. E o melhor: será o samba do 'esquenta' do Império Serrano antes do desfile.

separador

13/02/2009 01:42:00

Urbanismo com 'H' maiúsculo


Fernando Molica


Rio - Nesse negócio de ortografia é sempre bom ter cuidado antes de atirar a primeira pedra, ainda mais em época de reforma ortográfica. Mas Secretaria de ‘Hurbanismo’ é imperdoável. A indicação do caminho para a Secretaria de Educação parece até uma ironia. Pior é que a placa — que ainda erra ao colocar hífen na palavra subsecretaria — fica em frente a uma escola, o Ciep Constantino Reis. Desse jeito, não vai dar pra reclamar se algum aluno escrever Belford ‘Rocho’.


Subsecretaria agora é "SUBSSECRETARIA" e você nem reparou... Ainda quer corrigir alguém...

separador

Deixe seu Comentário











Type the characters you see in the picture above.

BG
Arquivo do Blog
bullet maio 2020
bullet março 2020
bullet dezembro 2019
bullet novembro 2019
bullet outubro 2019
bullet agosto 2019
bullet julho 2019
bullet maio 2019
bullet abril 2019
bullet março 2019
bullet fevereiro 2019
bullet janeiro 2019
bullet outubro 2018
bullet setembro 2018
bullet agosto 2018
bullet junho 2018
bullet maio 2018
bullet abril 2018
bullet fevereiro 2018
bullet janeiro 2018
bullet dezembro 2017
bullet outubro 2017
bullet setembro 2017
bullet agosto 2017
bullet julho 2017
bullet junho 2017
bullet maio 2017
bullet abril 2017
bullet março 2017
bullet fevereiro 2017
bullet janeiro 2017
bullet dezembro 2016
bullet novembro 2016
bullet outubro 2016
bullet setembro 2016
bullet agosto 2016
bullet julho 2016
bullet junho 2016
bullet maio 2016
bullet abril 2016
bullet março 2016
bullet dezembro 2015
bullet novembro 2015
bullet outubro 2015
bullet agosto 2015
bullet julho 2015
bullet junho 2015
bullet abril 2015
bullet março 2015
bullet dezembro 2014
bullet junho 2014
bullet maio 2014
bullet abril 2014
bullet dezembro 2013
bullet novembro 2013
bullet outubro 2013
bullet setembro 2013
bullet agosto 2013
bullet julho 2013
bullet maio 2013
bullet abril 2013
bullet março 2013
bullet fevereiro 2013
bullet janeiro 2013
bullet dezembro 2012
bullet novembro 2012
bullet outubro 2012
bullet setembro 2012
bullet agosto 2012
bullet julho 2012
bullet junho 2012
bullet maio 2012
bullet abril 2012
bullet março 2012
bullet fevereiro 2012
bullet janeiro 2012
bullet dezembro 2011
bullet novembro 2011
bullet outubro 2011
bullet setembro 2011
bullet agosto 2011
bullet julho 2011
bullet junho 2011
bullet maio 2011
bullet abril 2011
bullet março 2011
bullet fevereiro 2011
bullet janeiro 2011
bullet dezembro 2010
bullet novembro 2010
bullet outubro 2010
bullet setembro 2010
bullet agosto 2010
bullet julho 2010
bullet junho 2010
bullet maio 2010
bullet abril 2010
bullet março 2010
bullet fevereiro 2010
bullet janeiro 2010
bullet dezembro 2009
bullet novembro 2009
bullet outubro 2009
bullet setembro 2009
bullet agosto 2009
bullet julho 2009
bullet junho 2009
bullet maio 2009
bullet abril 2009
bullet março 2009
bullet fevereiro 2009
bullet janeiro 2009
bullet dezembro 2008
bullet novembro 2008
bullet outubro 2008
bullet setembro 2008
bullet agosto 2008
bullet julho 2008
bullet junho 2008
bullet maio 2008
bullet abril 2008
bullet março 2008

separador bullet Arquivo Geral

separador bullet Blog Anterior (Online)
bullet Blog Anterior (PDF)
© Todos os direitos reservados. Todos os textos por Fernando Molica, exceto quando indicado. Antes de usar algum texto, consulte o autor. créditos do site    Clique para ver os créditos do site